Quinta-feira, 14 de Junho de 2012

Meus tumblrs.

Wow, já quase nem me lembro disto. Do meu mundo aqui no blog, tenho saudades, mas parece tudo tão distante. O tempo passa e sem nada mudar a cada dia, tudo fica diferente. Bem, acho que não vou voltar a postar nada mais aqui, na verdade eu tenho um capítulo feito que nunca cheguei a postar, mas acho que não vale a pena... Só queria divulgar os meus tumblrs, podem encontrar-me lá : http://coldblueheart.tumblr.com e ja-pensou.tumblr.com. Por favor visitem e se tiverem tumblr, sigam. :)

publicado por Miss Sunshine às 15:48

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010

7º Capítulo de Miss You Love

Oláá !

Antes de mais nada, um bom Natal para todos ;)

Quem segue o blog, já conhece as minhas habituais desculpas por demorar tanto tempo a postar um post novo. Mas aqui estão elas mais uma vez : Desculpem, a sério!!

Eu gosto tanto de escrever esta fic, mas estou sempre ocupada de mais $:

Bem, como prenda de Natal, deixo-vos um novo capítulo da minha fanfic 'Miss You Love'.

Espero que gostem desta prendinha :)

& não liguem ao visual do blog, estou à espera de um novo *

 

 

---------x---------

 

Acabei por adormecer naquela noite nos braços de Liam. Eu não sabia como ia ser a minha vida dali para a frente. Não sabia se iria voltar a ver Nick e se iria ficar com Liam. O Liam transmitia-me muita confiança, mas com Nick tudo era completamente diferente.

Acordei na manhã seguinte, estava bem disposta. Acordei com o Liam a olhar para mim docemente.

-Bom dia - disse eu, olhando-o.

-Bom dia Miley - respondeu Liam com um sorriso nos lábios.

Eu fiquei quieta a olhar para os seus lindos olhos castanhos, faziam-me lembrar os de Nick. Isso deixava-me de rastos. Sempre que pensava em Nick parecia que o meu mundo desabava sobre os meus pés. Por isso abracei Liam, para me puder sentir segura e forte. Não podia ficar mal, outra vez. Não podia voltar a sofrer o que sofri.

Liam abraçou-me e não me largou, até que vi o seu rosto a aproximar-se do meu. O meu coração palpitou velozmente. Ele continuou a aproximar-se.  Mas não era aquilo que eu queria, eu queria Nick. Ele não me saía da cabeça, eu precisava de Nick.

Então desviei o meu rosto do dele, antes que os nossos lábios se tocassem.

-Desculpa, Miley. - disse-me Liam.

-Não, tu não tens que pedir desculpa, mas eu não posso fazer isto. Eu contei-te sobre o Nick, eu estou apaixonada por ele, tu sabes...

Sim, eu sei. - disse olhando para baixo.

-Por favor, não fiques assim. Eu não posso mudar os meus sentimentos.

-Eu sei. -respirou fundo- Vamos esquecer isto que aconteceu agora, está bem Miley?

-Sim Liam... Bem, que vamos fazer hoje ?

-Hummm, acho que vamos ter que ir pescar!

-Está bem,  mas aviso-te já que eu a pescar sou como um peixe fora de água! -ri.

Liam riu comigo. Ele tinha um riso maravilhoso, contagiante. Fazia-me sentir uma felicidade inexplicável !

Até que ele se levantou e estendeu-me a sua mão para me ajudar a levantar. Segurei a mão dele e senti uma energia especial a apoderar-se de mim. Sorri e levantei-me.

-Anda Miley, vamos lá ensinar-te a pescar !

Fui com ele. Ele levou-me ao seu lugar preferido de pesca. Ele disse-me que era o melhor lugar para pescar. Ainda hoje recordo este lugar com saudade. Passei lá bons momentos com Liam. Já os peixes, não foram muitos os que apanhei lá. O Liam bem tentou, mas eu não estava mesmo destinada a ser uma boa pescadora. Voltando à história...

Liam emprestou-me uma das suas canas de pesca e usei os seus iscos. Ensinou-me os truques básicos mas eu, desastrada como sou, só fiz asneira. Nem vale a pena relembrar isso, digo-vos só que não apanhei peixe nenhum, enquanto que o Liam apanhou sete ou oito.

- Apanhas algum para a próxima - disse Liam num tom um pouco de gozo.

- Pois, pois ! - ri.

Levámos os peixes e as outras coisas para a gruta. Hoje era garantido. Tínhamos jantar ! Peixe, mais uma vez, mas eu nem me importei.

Depois de jantarmos, eu decidi ir olhar o mar. Fui sozinha. Caminhei por entre a areia e fui até à beira-mar. Senti um arrepio e ouvi uma respiração atrás de mim. Virei-me bruscamente para trás e vi ao longe aquilo que os meus olhos esperavam há tanto tempo ver. Vi Nick. A minha respiração tornou-se rápida e inconstante. O que senti dentro de mim, naquele momento, foi algo que já tinha saudades de sentir. Então, corri em direcção a ele. Corri na direcção do amor, do meu amor. E cheguei perto dele. Ele continuou imóvel. Olhou-me com os seus olhos castanhos. Olhou-me tão profundamente que senti que quase me trespassava a alma. Naquele momento tive a certeza que Nick sabia tudo sobre mim, conhecia o mais pequeno detalhe da minha vida. E eu não sei porque é que ele me deixou ficar a saber isso. Tudo nele me transmitia confiança, e agora, paz.  

- Vem comigo. - disse Nick com aquela voz tão única que ele tinha.

Eu não hesitei e fui com ele. Era tudo o que eu queria, tudo o que eu precisava. Era Nick. Era com ele que eu queria estar. Nem pensei em Liam, até que...

-Miley ! - gritou Liam num tom preocupado e diria até um pouco desesperado.

Nick e eu vimos Liam a aproximar-se rapidamente de nós. Mas Nick não deixou que ele chegasse perto. Nick colocou-me às suas cavalitas, sem eu sequer ter tempo de reagir. Agarrei-me a ele na esperança de nunca mais o largar e ele correu depressa, mas mesmo muito depressa. E, de repente, já não estávamos na praia.

 

 

 

E agora é só esperar pelo próximo capítulo para descobrir mais ;)

Digam-me o que acharam desta prendinha de natal ^^

Eu vou tentar não demorar muito tempo a postar o próximo capítulo !

Beijinhos e boas festas !

 

publicado por Miss Sunshine às 17:05

link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Junho de 2010

6º Capítulo

Hey hey^^

Hoje trago o 6º capítulo e algumas divulgações:) Mas para já queri agradecer por todos os comentários. Muito obrigada mesmo!

Agora as divulgações:

http://edwardcullen.blogs.sapo.pt
http://martacullen.blogs.sapo.pt/

 

E agora fiquem com o 6º capítulo da fanfic Miss You Love:

 

 

Acordei naquela gruta com a luz do amanhecer. A gruta ao fundo era escura, mas no princípio (onde eu estava) era luminosa. Sinceramente o medo era quase nenhum, mas a intriga era muita. Ouvi uma voz, uma voz forte. Não era a voz de Nick, tinha a certeza. Olhei para trás de mim e vi um rapaz a aproximar-se.

-Bom dia – disse ele.

Eu fiquei calada.

- Não te assustes, eu não te vou fazer mal. – disse o rapaz cuidadosamente.

-O que é eu estou aqui a fazer?

- Ontem, quando estava a nadar vi qualquer coisa e parece que era uma rapariga muito bonita desmaiada.

- Dispenso elogios baratos.

- Desculpa não puder pagar mais , mas como podes ver não sou propriamente rico.

- Como assim?

- Ainda não percebeste que eu vivo aqui?

- Ahhhhh… Mas gostava de saber porque é que me trouxeste para a tua casa, não me deverias ter levado para um hospital ou algo do género.

- Não acredito em hospitais. As pessoas que lá trabalham não se preocupam realmente com os doentes, apenas querem ganhar dinheiro.

- Isso nem sempre é assim. Mas no meu caso… - não consegui acabar a frase e comecei a chorar. Baixei a minha cabeça e o meu cabelo tapou-me o rosto.

- O que se passa? O que aconteceu? – disse ele tocando suavemente no meu cabelo e deslocando-o para o lado.

Então contei-lhe tudo. Toda a minha história. Contei-lhe sobre Zac e contei-lhe sobre Nick. Não sei bem porque lhe contei, nem sei explicar porque é que tinha tanta confiança nele, mas a verdade é que a tinha. Talvez tivesse encontrado um bom amigo. Eu naquele momento não consegui apreciar toda a sua beleza, estava demasiado destroçada.

Ele abraçou-me. Os seus braços eram igualmente fortes quanto os do Nick, mas eu não me sentia tão segura com aquele rapaz.

- Eu sou o Liam- disse ele.

- Eu sou a Miley.

- Bom, é melhor levar-te a casa.

- Não – disse eu sem hesitar- Deixa-me ficar contigo, por favor.

 Aquilo que disse tinha sido totalmente paranóico, mas disse-o com vontade.

- Queres ficar comigo?

- Eu apenas quero ficar aqui, neste lugar. Preciso de me afastar da minha própria vida.

A palavra “afastar” fez-me sofrer e tive de fazer um esforço enorme para não me afogar em lágrimas. Talvez a minha força interior fosse maior do que eu pensava.

- Podes ficar aqui, Miley.

- Obrigada – disse eu num tom suave.

Depois desta conversa com Liam, ele explicou-me tudo o que fazia para sobreviver ali. Tudo o que tinha de passar todos os dias.

Eu achei deveras interessante e um desafio que eu precisava de fazer. Sempre adorei a Natureza e agora era o momento para o provar.

Saí da gruta e o Liam acompanhou-me. Fui para a beira-mar. Senti a água fria nos meus pés e caminhei. Liam caminhou comigo. Ele pegou na minha mão, mas eu não estava preparada e escorreguei-a pela dele até se separarem. Ele compreendeu e continuámos a caminhar, sobre já um pôr-do-sol muito bonito.

Voltámos à gruta, nesse momento admito que já tinha muita fome. Mas percebi rapidamente que nada mais que um peixe havia para comer.

- Desculpa isto, é o máximo que te posso dar. – disse Liam com tristeza.

- Não faz mal, tu já me dás imenso. Posso fazer-te uma pergunta?

- Claro, pergunta o que quiseres.

- Porque escolheste esta vida?

- Eu gostava de dizer que a escolhi, mas a verdade é que não foi bem assim. Esta vida foi-me imposta pelo destino, destino este que nem sempre é fácil. Os meus pais morreram era eu uma criança e desde aí sempre vivi sozinho. Tive de aprender a proteger-me e a lutar por tudo. Hoje a força que tenho deve-se a este destino que não direi cruel, mas intocável.

- Sinto muito. Mas sabes, o destino também somos nós que o traçamos, tu podes fazer muito mais da tua vida que isto.

- Eu já me habituei. Não ter amigos é talvez a parte mais complicada.

- Não tens amigos?

- Não. Todos têm medo ou pena de mim. Se não for por isso apenas não querem estar ao pé de mim. Esta é uma vida complicada.

- Essas pessoas são mesmo insensíveis. Eu que nem há um dia te conheço, já percebi que és uma pessoa extraordinária.

- Obrigado Miley. És talvez a pessoa mais fantástica que já conheci.

Eu sorri e corei um pouco. O Liam era mesmo um rapaz incrível, naquele momento sem dúvida que o admirava muito por tudo o que passou e por tudo o que vive constantemente. Ele era mesmo um grande lutador.

 

Que acharam deste capítulo? Preferiam que a Miley ficasse com Nick, Zac ou com Liam??

Bjinhos, comentem e respondam a estas perguntas, plz!!

publicado por Miss Sunshine às 18:59

link do post | comentar | ver comentários (43) | favorito
|
Sábado, 12 de Junho de 2010

Qual é o famoso/a que fica mais giro/a com óculos?

Olá pessoal!

Há muito tempo que não postava uma votação, por isso aqui vai uma fresquinha xD

 

Qual é o famoso/a que fica mais giro/a com óculos?

 

 

Minha opinião: Hilary, Selena e Joe.

Vencedor/a: um empate, Joe Jonas & Hilary Duff x']

Data de encerramento: 18 de Junho de 2010

 

Votem!!!

publicado por Miss Sunshine às 18:10

link do post | comentar | ver comentários (54) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

5º Capítulo

Hey ppl^^ Venho aqui dar-vos o 5º capítulo da fic Miss You Love e também venho fazer uma divulgação:) Aqui vai ( visitem e comentem este blog fantástico):

 http://debbycapricho.blogspot.com

 

- Sim, é mesmo isso que eu quero. É o que mais quero neste momento. Quero estar contigo e sentir que te conheço.

- Mas tu conheces-me, desde sempre.

-É essa a sensação que tenho nos meus sonhos.

- Pois… lembras-te de quando eras pequena e ias sendo atropelada por um camião, fui eu que te salvei. E daquela vez que ias caindo do penhasco, também fui eu que te salvei…

- O quê? Mas como?? Como sabes essas coisas?? Como foste tu que me salvaste? E porquê?

- Eu sou uma espécie de teu anjo da guarda.

- O quê?

-Sim, pode ser difícil de acreditar, mas aqui está a verdade que querias.

- É tudo tão estranho, tens transformado a minha vida numa confusão! Mas sinceramente preciso de te agradecer por me tirares daquele vazio em que vivia antes de apareceres.

- E também foi isso que vim fazer, salvar-te mais uma vez.

- Mas tu és o quê?? Uma pessoa?

- Não, verdadeiramente não. Eu consigo ter esta forma, mas eu não pertenço a este lugar, não pertenço a este mundo.

- Então és mesmo um anjo?

- Sim, algo do género. Onde vivo, nós chamamo-nos faithers.

- Uau! Tu vives onde?

- Num local chamado Faith.

-Mas fica no céu?

- Quase. Fica no cimo de uma montanha tão alta que ninguém a conhece.

- Mas há mais como tu?

- Sim, claro. Cada pessoa tem o seu próprio faither.

- A sério?? E eles mostram-se aos seus protegidos?

- Não, só em casos extremos.

- Eu sou um caso extremo?

- Sim, eu disse que te vinha salvar, não foi?

- Mas já me salvaste, da tristeza da morte de Zac.

- Não foi por isso que vim, tu corres um perigo muito maior.

-Como assim um perigo muito maior?

-Eu não te posso dizer, apenas quero que tenhas cuidado, eu não vou estar sempre aqui para te proteger…

-Não? Mas porquê?

- Aos vinte anos cada pessoa deixa de ter o seu faither e nós partimos.

- Mas eu agora tenho 19 anos.

- Pois, faltam precisamente 6 meses para fazeres vinte anos.

- Isso quer dizer que vais desaparecer da minha vida?? Tal como Zac…- começo a chorar.

- Por favor não chores!! Eu tenho uma missão até me ir embora e tu tens de me ajudar a cumpri-la, sem a tua ajuda vai ser muito mais complicado.

- Eu não te posso ajudar, eu não te quero ajudar!! Talvez se morrer encontre Zac e tudo volte a ser como dantes!

Nick olha para o lado com angústia.

- O  que foi? Estás a dizer-me que vais desaparecer da minha vida e queres o quê? Queres que te diga tudo o que sinto por ti, tudo o que tu me fazes sentir?? É isso que queres? - disse Miley.

- Não, nós não podemos ter uma relação, é impossível.

- Não, nada é impossível. Com o que me acabaste de contar, eu acredito que nada é impossível,  nada mesmo!

Dito isto abraço-o. Parecia que estava a flutuar no ar e a única coisa que sentia eram os seus braços fortes que me prendiam como correntes.

Ele ainda a abraçar-me diz:

- Miley, isto não pode acontecer, acredita em mim.

- Pode e vai!

Quando acabei de dizer isto, desprendi-me das correntes que eram os seus braços, olhei para os seus olhos castanhos e beijei-o.

O meu coração parara de bater ou batia tão rápido que nem o sentia. O que me estava a acontecer naquele momento era inexplicável, a ligação que tinha com Nick, tudo. Tudo o que eu queria tinha-se concretizado ali, com ele, sentada à noite na areia fina da praia sobre um dos luares mais bonitos que já tinha visto. Era o momento perfeito, o dia perfeito. Nem toda aquela história dos faithers me atormentava, nem o facto de ele me dizer que nos tínhamos de separar, nem de me dizer que eu corria perigo, nada podia estragar aquilo.  Ou quase nada pensava eu.

- Pára, por favor! Eu gosto demasiado de ti para te deixar cair num erro como este. Peço-te, se também gostas de mim tens de te afastar. Eu sei que não te devia dizer isto, mas tenho de te proteger aconteça o que acontecer. Isto é o perigo. É este o perigo de que te falei. Tu não te podes apaixonar por mim!

- Se estar apaixonada por uma pessoa é um perigo, eu quero correr o risco!

- Mas eu não sou uma pessoa, esse é o problema! Desculpa, eu não aguento mais isto!

Então Nick correu. Correu tão rápido quanto o vento. Fugia de mim, fugia do amor. E eu chorava, chorava e sofria. “Porquê a mim?” perguntava eu. Eu amava-o e queria-o mais do que nunca! Eu precisava dele. E gritei. Gritei como se estivesse a morrer. Gritei de dor! Até que decidi mergulhar naquele mar frio e constrangedor. Podia estar uma noite bonita, mas o mar estava agitado e perigoso. E agora eu queria perigo. Corri até à beira-mar e mergulhei. Senti um arrepio. Nadei para mais e mais longe da costa. Se morresse, queria morrer ali. Sempre tive uma relação forte com o mar. Depois senti-me a ser puxada pela maré, mas deixei-a guiar-me. Aquele era o meu destino. Só me lembro de acordar numa gruta. Mas tempos mais tarde soube que tinha sido uma onda, uma onda bastante grande. O meu corpo ficou depositado na areia do fundo do mar até que alguém me resgatou. É isso que sei. E agora lá estava eu na gruta.

 

Quem terá salvo Miley?? Terá sido Nick?? E como acabará esta história de amor??

Descubram nos próximos capítulos^^

Comentem, por favor!!

publicado por Miss Sunshine às 20:02

link do post | comentar | ver comentários (40) | favorito
|

.mais sobre mim

.Status

Nome: VotaHistórias Blog
Webmiss: Cristiana (kitty)
Host: Blogs do Sapo
Desde: 5.Agosto.2009
Genero: Votações e fics
Versão: 0.5
Design by: Mega-Encomendas.blogs.sapo.pt

.És a visita nº

A contar desde 15 de Dezembro
Site
Contador de visitas grátis

.Button



.Top Afiliados

Disney Channel News And Downloads
Encomendas_Flash
Miley Forever Fans
Emma Roberts Fan

.Links de outros blogs

Ir para o Inicio

.posts recentes

. Meus tumblrs.

. 7º Capítulo de Miss You L...

. 6º Capítulo

. Qual é o famoso/a que fic...

. 5º Capítulo

. 4º Capítulo de Miss you l...

. 3º Capítulo

. 2º Capítulo

. 1º Capítulo

. Nova fic

.pesquisar

 

.subscrever feeds